quarta-feira, 1 de abril de 2009

Mentiras, vigarices, trafulhices & afins

Hoje é o melhor dia do ano para escrever um artigo de opinião. Se as coisas derem para o torto, sempre se pode alegar que era coisa de 1º de Abril.
O que nos trás hoje por aqui? Quase no fim do prazo legal, demos entrada no Tribunal Fiscal e Administrativo de Almada faz hoje precisamente um ano da nossa acção principal, que pretende que seja reconhecido como ilegal (e portanto passível de ser demolido) o licenciamento por parte da Câmara Municipal de Setúbal, deste autentico atentado urbanístico com que brindaram o nosso bairro.

Não acendemos a vela nem demos colorido ao bolo, num protesto simbólico contra aquilo que consideramos uma interferência no normal funcionamento da nossa 'lenta' Justiça, quando um(a) funcionário(a) da secretaria do Tribunal Fiscal numa atitude mais zelosa julgou por bem, ocultar algures entre as diversas pilhas de processos a nossa acção principal. Agora que o Tribunal instaurou um inquérito interno andam muito preocupados e o autor(a) se calhar tem passado algumas noites sem dormir...
Já aqui publiquei a fotografia com a placa que informa que o 'Muro' da Vergonha é afinal não um 'aborto' sabiamente deixado nascer pelo distinto Juiz de Setúbal que julgou a nossa Providencia Cautelar, que julgou em consciência e com conhecimento da zona, pois foi visto várias vezes a observar o local e a tirar fotos, nem tão pouco patrocinado pela Câmara Municipal de Setúbal, nem mesmo desta nossa construtora de eleição, mas sim uma operação maquiavélica desse sinistro Ministério do Ambiente, do Ordenamento do Território e do Desenvolvimento Regional.

O outro muro que andam a construir do outro lado da Avenida, nesta Terra de Ninguém, é uma obra incógnita da qual não aparece nenhuma publicidade aos intervenientes que tentam agora permanecer incógnitos nesta nova 'borrada' com os mesmos actores. A única identificação é a obrigatória por lei, colocada junto da entrada principal desta obra, perto da grua que ocupou alguns lugares de estacionamento do prédio que lhe faz fronteira.

Poderiam alegar que ainda é cedo para colocar a informação do IHRU - Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana, mas eu fiz o trabalho de casa e aproveitei o fim-de-semana passado para visitar outra obra da mesma construtora a que já me referi anteriormente, com as mesmas características. Não consegui descobrir nenhuma informação apesar de se encontrar na fase final de acabamentos e arranjos da envolvente.

Os preços constantes na referida placa (parte que eu propositadamente distorci) não são os que actualmente são fornecidos aos potenciais compradores pela imobiliária CasaCaso que se encontra agora com o exclusivo das vendas e que também já anda a vender o 'outro muro' ainda em planta. Ao que o nosso sempre incansável detective descobriu, o acréscimo nos preços ronda os 10% (para mais, claro!).
Longe vai o tempo em que a Câmara Municipal de Setúbal encomendou um parecer em que identificava esta construção e a construtora como buscando o lucro, não as isentado das caras taxas municipais (cujo diferendo atrasou em quase dois meses o licenciamento da obra), para mais tarde encomendar um novo parecer judicial ao mesmo advogado, agora atestando que o 'Muro' da Vergonha serviria para alojar as muitas famílias carenciadas de Setúbal, para algumas das quais chegou a enviar uma carta para se irem inscrever no local, tudo com o objectivo de ganhar alguns 'trunfos' no Tribunal. Só que a verdade vem sempre ao de cima (como o azeite) e agora vamos ver como é que eles se vão justificar no Tribunal, de quantas famílias carenciadas é que ali conseguiram alojar e aonde estão esses processos de candidatura.
Os 'gulosos' que por lá andam a tentar comprar uma vista para o rio podem ter de ser realojados dentro de alguns anos (como aconteceu recentemente em Ourem) por conta da autarquia que licenciou tal projecto, inclusive o solicito e incansável vendedor da CasaCaso que vai morar na torre de vigia do 'Muro' da Vergonha (ultimo piso do bloco central) num apartamento oferecido, a preço de amigos ou por ter sido um dos inúmeros candidatos das famílias carenciadas de Setúbal, contactados pela autarquia (um T4 para uma pequena família faz todo o sentido).
Aproveitando uma oportunidade, foi tirada à instantes uma foto no rio Sado onde se pode ver com está a ser eficaz a construção dos muros. Pouco a pouco lá vão eles conseguindo esconder um bairro!


Acrescentado em 26-04-2009

Não era para apresentar esta foto, mas como parece que não gostaram do ultimo painel, sabe-se lá porquê, aqui fica a foto e algumas considerações.

(...) E já agora pode mandar fazer outra lona? Não gosto muito das cores que utilizou.. Ou melhor utilize o dinheiro e tempo que gasta em prol dos outros. (...)

Colocado em meados de Fevereiro, devido ao enorme corropio de vendedores e potenciais compradores que até faziam fila à espera, esteve retirado somente (por questões logisticas e não para dar uma alegria ao 'anónimo conhecido' que aqui comentou o artigo) durante cerca de duas semanas, mas já foi novamente colocado no local para, continuar a alertar os incautos compradores de tão elegante construção, que podem estar não a comprar a casa da sua vida, mas sim a comprar uma dor de cabeça.

Quanto à escolha das cores, foi uma opinião do 'designer', com a qual eu estou plenamente de acordo. A escolha inicial era fundo preto e letras a branco com os outros 4 anteriores.

4 comentários:

Anônimo disse...

Só gostaria de colocar uma questão: A senhora não tem mais que fazer? Não tem mais com o que se preocupar?
Se a sua vida é tão inutil e por isso mete-se na vida alheia, deixo aqui uma sugestão VÁ LIMPAR A CASA. Ou já que fala em familias carenciadas, tenho a seguinte questão que trabalho social faz? quantas crianças, velhotes ou mesmo quantas familias ajuda? provávelmente não faz nada não é? que pobreza de espirito, dedique-se a questões ou causas uteis e não ande ai armada em parva a falar daquilo que não sabe...

Robin disse...

Para quem não está habituado a receber muitos comentários no blog, este foi sem dúvida um dos melhores de sempre. Só se pode equiparar a um outro, pertencente ao artigo que está oculto desde finais de Fevereiro de 2008, que tambem achei lindo. Como o artigo não está disponível, aqui vai o seu conteúdo:


Anônimo disse...

Sr Robin,
Com esta, VC decepciona completamente.
Eu, que não sou destas coisa de Blogs (como penso que a maioria das pessoas não é),lêr o que agora escreve, deixa-me "às aranhas pois não percebi patavina".
Concluo que VC é daqueles "eruditos ecléticos" que versam num universo muito restrito de eruditos como VC acha ser.
Os outros são Ralé e escumalha.
DEFINITIVAMENTE, VC PERDEU A PIADA.
A SUA CAUSA, PARA MIM, ACABOU
Felicidades para si, Sr Robin

31 de Janeiro de 2008 00:12

Anônimo disse...

Digo-lhe como vidente nao tem futuro...
Sinceramente faça qualquer coisa útil. E já agora qual o motivo para usar este "nickname", não sei se ja percebeu que ofende o real bemfeitor pois os disparates que diz e o NADA que faz não ajuda ninguem. E já agora pode mandar fazer outra lona? Não gosto muito das cores que utilizou.. Ou melhor utilize o dinheiro e tempo que gasta em prol dos outros. UMA IDEIA - com o € das lonas compre uma refeição a alguem, mate a fome de alguem por um dia. Só mais uma coisa não sei quem lhe deixou o comentário anterior mas já gosto da pessoa pelo simples facto de ter tocado na ferida, a senhora pensa estar acima dos outros.Lamentavel. Beijinhos e abraços. Pois tenho que trabalhar (se não souber o significado de trabalho vá ao dicionário)

Robin disse...

...