domingo, 16 de dezembro de 2018

Suplemento Kultural e Recreativo de 16-12-2018

Imagem do dia


Anedota
- Mãe, foi Deus que me fez?
- Sim, filho.
- E fez-te também a ti?
- Claro, filho.
- Não achas que Deus está a fazer progressos no seu trabalho?

A praia que parece uma colónia de formigas

Quando olhas para a imagem acima, podes pensar que se trata do filme do Brad Pitt, “World War Z”. Mas não, é simplesmente o primeiro dia do ano na praia de Durban na África do Sul onde dizem que estiveram cerca de 400.000 pessoas na praia, para o primeiro banho do ano de 2014!

10 hotéis/albergues fora do vulgar
Uma das primeiras perguntas a considerar quando se planeia uma viagem é “onde ficar?”. As duas escolhas mais comuns são um hotel ou um albergue. O mais barato entre os dois são os albergues, que oferecem alojamento económico e sociável, onde os hóspedes podem alugar uma cama (geralmente um beliche) num dormitório e compartilhar a casa de banho, sala e às vezes uma cozinha. Geralmente, são mais baratos tanto para o dono como para os ocupantes; muitos albergues possuem residentes de longa duração que acabam empregados como recepcionistas ou pessoal de limpeza em troca de alojamento gratuito. A principal diferença entre os albergues e os hotéis é que os albergues fornecem uma estrutura básica para ficar, enquanto os hotéis oferecem quartos individuais para maior privacidade e segurança. Se você é um ser social, um albergue é uma boa escolha, já que você pode conhecer todo o tipo de gente interessante. Eles são, para a maioria, seguros para ficar, desde que você mantenha os seus bens valiosos guardados de forma segura e os mantenha por perto. Se você tiver um orçamento apertado, uma boa maneira de economizar dinheiro é escolher um local fora da cidade. Também pode optar por lugares 'alternativos' por todo o mundo.
Se você procura por um hotel fora do vulgar, com alojamento barato, aqui ficam as nossas sugestões:

  • Alojamento #9 - Jumbo Stay, Estocolmo • Suécia
Cansado de tentar dormir em voos económicos de longa distância? Troque as poltronas desconfortáveis por uma simpática cama na cabine do Boeing 747-200, que se encontra estacionado nos limites do Aeroporto Arlanda, em Estocolmo. Os quartos possuem televisão  e acesso Wi-Fi. Felizmente, as refeições de avião estão fora do menu.
Continua...


Para quem nos visita pela 1ª vez, ou para os mais distraídos, este blogue foi criado em 25 de Novembro de 2007, para ser um veículo de protesto e denuncia conta uns mamarrachos que alguém achou por bem construir na Fonte do Lavra, um pacato bairro de da Cidade de Setúbal.
Como infelizmente a Justiça não é suficientemente célere, e como corríamos o risco de por falta de noticias/novidades cair no esquecimento, criamos este espaço lúdico diário que, desde 22 de Setembro de 2008, mantém acesa a nossa chama da revolta.
Depois de uma Providencia Cautelar de sucesso relativo, aguardamos pacientemente desde Maio de 2013, pelo recurso da sentença da nossa acção principal contra a Câmara Municipal de Setúbal pelo seu licenciamento da obra (que nós contestamos), contra a Sociedade de Construções H.Hagen (construtora do imóvel) e Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana (dono do terreno).
Algumas estatísticas relevantes:

  • Este blogue tem 4033 dias de existência
  • Este é a edição numero 3731 do Suplemento Kultural
  • Maior sucesso (inesperado) deste blogue - Mapa do tesouro - com mais de 26000 visualizações desde Maio de 2008.
Segundo a Infopédia, Suplemento pode ter os seguintes significados:
  1. o que se dá a mais; complemento
  2. aditamento, acréscimo; aquilo que se acrescenta a um todo
  3. caderno, geralmente ilustrado, que completa determinados números de um de um jornal; anexo
Quando recorremos a este estratagema, o Suplemento Kultural, era parte integrante do nosso jornal Fonte do Lavra e para a sua publicação arranjamos um editor. Esse jornal certamente originou as mais hilariantes e estranhas formas de ver as noticias do dia, do país e do mundo o que muito contribuiu para termos sido postos no olho da rua pelo referido editor, que conseguiu suportar a nossa presença durante cerca de 32 meses.
Acabou assim o referido jornal, no passado dia 31 de Maio de 2011. Contudo, não vamos mudar o nome deste espaço por esse facto, pois podemos sempre utilizar a definição 1 ou 2, e o nome continua a fazer sentido. Se também quiserem continuar a saber pelo nosso blogue, o que se passa no país e no mundo, deixamos aqui as opções que estavam disponíveis no Jornal Digital (que pode ser visto mais abaixo na barra lateral) aquando do fecho deste Suplemento, que eram as seguintes:
  • Jornalista Mussá Baldé vence concurso FIC TV I 2016 na Guiné-Bissau
  • Utentes do SNS vão poder escolher o hospital
  • António Costa anuncia actualizações das pensões, complemento solidário e RSI
  • UE e Turquia reúnem-se para analisar distribuição de refugiados
  • Casal que matou bebé com água a ferver condenado a 18 e 25 anos
  • Guiné-Bissau: Presidente da ANP vítima de lesão no tendão de Aquiles
  • Suíça divulga lista de contas inactivas sem herdeiros
  • EUA: Escolas reabrem em Los Angeles
  • Futebol: União da Madeira empata Benfica
  • Quatro detidos por suspeitas de fraude à Segurança Social
Não querendo com a proliferação da publicação de Suplementos Kulturais, relevar para 2º plano a razão da nossa existência, só será visível a ultima edição deste espaço lúdico, que a pedido de alguns visitantes habituais, passará a ser publicado de forma automática, todos os dias às 00:00:00.
Para visualizar Suplementos anteriores, existe um espaço próprio para o efeito, com um vasto arquivo em formato PDF.
Apresentamos a seguir, o link directo para o Suplementos de Janeiro de 2016, que foram os últimos a ser arquivados. Basta clicar na imagem para ser redireccionado para o artigo correspondente.


01-01-201602-01-201603-01-201604-01-201605-01-2016
06-01-201607-01-201608-01-201609-01-201610-01-2016
11-01-201612-01-201613-01-201614-01-201615-01-2016
16-01-201617-01-201618-01-201619-01-201620-01-2016
Se estiver interessado em saber mais sobre as origens, enredo e propósitos deste Suplemento Kultural pode então visitar os seguintes links: Parte I, Parte II, Parte III, Parte IV.
Duas notas finais: todo este texto será mais ou menos repetitivo ao longo dos dias (com excepção obviamente das notícias que serão actualizadas regularmente) e não será visível nos arquivos em PDF.

sábado, 15 de dezembro de 2018

Suplemento Kultural e Recreativo de 15-12-2018

Imagem do dia


Anedota
A mãe grita para o filho, à porta da casa de banho:
- Ô menino, o que diabo é que estás a fazer aí dentro há 40 minutos?
E ouve como resposta:
- A fumar erva e a esgalhar o pau!...
- Ah, bom, pensei que estivesses a gastar água quente.

Homem Espelho

O Homem de Ferro? Não, este é o “Mirror Man” o Homem Espelho, um autêntico, criativo e original artista de rua encontrado e fotografado próximo ao Griffith Observatory, em Los Angeles.
O homem chamava a atenção por onde passava, ao vestir um traje composto por espelhos da cabeça aos pés, parecendo uma personagem dos desenhos animados.
Veja mais algumas fotos do Homem Espelho.


10 hotéis/albergues fora do vulgar
Uma das primeiras perguntas a considerar quando se planeia uma viagem é “onde ficar?”. As duas escolhas mais comuns são um hotel ou um albergue. O mais barato entre os dois são os albergues, que oferecem alojamento económico e sociável, onde os hóspedes podem alugar uma cama (geralmente um beliche) num dormitório e compartilhar a casa de banho, sala e às vezes uma cozinha. Geralmente, são mais baratos tanto para o dono como para os ocupantes; muitos albergues possuem residentes de longa duração que acabam empregados como recepcionistas ou pessoal de limpeza em troca de alojamento gratuito. A principal diferença entre os albergues e os hotéis é que os albergues fornecem uma estrutura básica para ficar, enquanto os hotéis oferecem quartos individuais para maior privacidade e segurança. Se você é um ser social, um albergue é uma boa escolha, já que você pode conhecer todo o tipo de gente interessante. Eles são, para a maioria, seguros para ficar, desde que você mantenha os seus bens valiosos guardados de forma segura e os mantenha por perto. Se você tiver um orçamento apertado, uma boa maneira de economizar dinheiro é escolher um local fora da cidade. Também pode optar por lugares 'alternativos' por todo o mundo.
Se você procura por um hotel fora do vulgar, com alojamento barato, aqui ficam as nossas sugestões:

  • Alojamento #8 - Aydinli Cave Hotel, Capadócia • Turquia
Situado numa caverna nas rochas pelas quais a Capadócia é famosa, o Aydinli Cave Hotel é, ao mesmo tempo, luxuoso e simples. Saboreie o café da manhã no terraço com vista para a aldeia local e a sua paisagem lunar de tirar o fôlego ou vá para à casa de banho e fique de molho num Jacuzzi. Faça um passeio de balão de ar quente para obter uma vista espectacular de toda a região, com as suas surpreendentes formações rochosas.
Continua...


Para quem nos visita pela 1ª vez, ou para os mais distraídos, este blogue foi criado em 25 de Novembro de 2007, para ser um veículo de protesto e denuncia conta uns mamarrachos que alguém achou por bem construir na Fonte do Lavra, um pacato bairro de da Cidade de Setúbal.
Como infelizmente a Justiça não é suficientemente célere, e como corríamos o risco de por falta de noticias/novidades cair no esquecimento, criamos este espaço lúdico diário que, desde 22 de Setembro de 2008, mantém acesa a nossa chama da revolta.
Depois de uma Providencia Cautelar de sucesso relativo, aguardamos pacientemente desde Maio de 2013, pelo recurso da sentença da nossa acção principal contra a Câmara Municipal de Setúbal pelo seu licenciamento da obra (que nós contestamos), contra a Sociedade de Construções H.Hagen (construtora do imóvel) e Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana (dono do terreno).
Algumas estatísticas relevantes:

  • Este blogue tem 4032 dias de existência
  • Este é a edição numero 3730 do Suplemento Kultural
  • Maior sucesso (inesperado) deste blogue - Mapa do tesouro - com mais de 26000 visualizações desde Maio de 2008.
Segundo a Infopédia, Suplemento pode ter os seguintes significados:
  1. o que se dá a mais; complemento
  2. aditamento, acréscimo; aquilo que se acrescenta a um todo
  3. caderno, geralmente ilustrado, que completa determinados números de um de um jornal; anexo
Quando recorremos a este estratagema, o Suplemento Kultural, era parte integrante do nosso jornal Fonte do Lavra e para a sua publicação arranjamos um editor. Esse jornal certamente originou as mais hilariantes e estranhas formas de ver as noticias do dia, do país e do mundo o que muito contribuiu para termos sido postos no olho da rua pelo referido editor, que conseguiu suportar a nossa presença durante cerca de 32 meses.
Acabou assim o referido jornal, no passado dia 31 de Maio de 2011. Contudo, não vamos mudar o nome deste espaço por esse facto, pois podemos sempre utilizar a definição 1 ou 2, e o nome continua a fazer sentido. Se também quiserem continuar a saber pelo nosso blogue, o que se passa no país e no mundo, deixamos aqui as opções que estavam disponíveis no Jornal Digital (que pode ser visto mais abaixo na barra lateral) aquando do fecho deste Suplemento, que eram as seguintes:
  • Jornalista Mussá Baldé vence concurso FIC TV I 2016 na Guiné-Bissau
  • Utentes do SNS vão poder escolher o hospital
  • António Costa anuncia actualizações das pensões, complemento solidário e RSI
  • UE e Turquia reúnem-se para analisar distribuição de refugiados
  • Casal que matou bebé com água a ferver condenado a 18 e 25 anos
  • Guiné-Bissau: Presidente da ANP vítima de lesão no tendão de Aquiles
  • Suíça divulga lista de contas inactivas sem herdeiros
  • EUA: Escolas reabrem em Los Angeles
  • Futebol: União da Madeira empata Benfica
  • Quatro detidos por suspeitas de fraude à Segurança Social
Não querendo com a proliferação da publicação de Suplementos Kulturais, relevar para 2º plano a razão da nossa existência, só será visível a ultima edição deste espaço lúdico, que a pedido de alguns visitantes habituais, passará a ser publicado de forma automática, todos os dias às 00:00:00.
Para visualizar Suplementos anteriores, existe um espaço próprio para o efeito, com um vasto arquivo em formato PDF.
Apresentamos a seguir, o link directo para o Suplementos de Janeiro de 2016, que foram os últimos a ser arquivados. Basta clicar na imagem para ser redireccionado para o artigo correspondente.


01-01-201602-01-201603-01-201604-01-201605-01-2016
06-01-201607-01-201608-01-201609-01-201610-01-2016
11-01-201612-01-201613-01-201614-01-201615-01-2016
16-01-201617-01-201618-01-201619-01-201620-01-2016
Se estiver interessado em saber mais sobre as origens, enredo e propósitos deste Suplemento Kultural pode então visitar os seguintes links: Parte I, Parte II, Parte III, Parte IV.
Duas notas finais: todo este texto será mais ou menos repetitivo ao longo dos dias (com excepção obviamente das notícias que serão actualizadas regularmente) e não será visível nos arquivos em PDF.