domingo, 31 de agosto de 2008

Sinais de mudança

Depois de várias ameaças, parece estar para breve a construção do "Muro" da Vergonha 2. Desde o final do verão passado que paira no ar a ameaça, de também do outro lado da Avenida D.Manuel I construírem um novo "mamarracho" para abrilhantar o novo bairro urbano de Setúbal.
De início, o que parece uma situação normal por estes lados, só iam instalar o estaleiro de obra, ficando depois à espera que fosse licenciado o projecto, podendo até iniciar a limpeza e o aterro se fosse oportuno. A visibilidade que foi dada à nossa contestação aconselhou prudência, e durante quase um ano não foram vistas grandes movimentações de pessoas com dossiers, plantas e afins.
Ao que consegui apurar na altura, o atraso no licenciamento tinha a ver com a forma como ia ser feito o prolongamento da Rua Bartolomeu Dias, com
passagem inferior sob a Avenida Belo Horizonte, fazendo com que esta ultima fique parecida com um carrossel (exemplo que também faz parte do best-seller "Urbanismo para Totós").

Já tal estava previsto na maquete 'falsa' do Manuel "Alcatrão" com a diferença que, nessa maquete estas zonas onde andam a construir mamarrachos, era uma zona verde!
Pelos vistos já resolveram a melhor forma de levar os carros para cima da Pedra Furada, onde está em fase adiantada de estudo, a construção de um Palácio de Congressos com 10 (dez) pisos!!!
Só nessa altura, o bairro fronteiriço -
Bairro da Parvoiça - que envergonha a cidade e os seus autarcas terá finalmente uma solução. Não se pode ter um local frequentado por VIP's com vista para bairros da lata.

Os sinais de mudança vem da remoção de um enorme painel publicitário do local. Espera-se agora a todo o momento a colocação das vedações em todo o recinto na nova obra e porque não também um nova companhia de circo.

O painel publicitário agora retirado, encontra-se no local à mais de um ano e tinha como principal cliente a Câmara Municipal de Setúbal, tendo uma das suas versões sido usada numa das minhas montagens.

2 comentários:

Anônimo disse...

Realmente ainda á gente muito burra, quem é tenta interferir em obras com projecto aprovado pela camara municipal, sabem quando é que essa malta arruma na execução de um obra dessa envergadura, não imaginam, tenho a certeza. Bem podem gritar mas obras assim nunca voltam atras.Vejam o exemplo dos sobreiros á saida de setubal para a estrada do alentejo, vão todos a baixo, podem ter e certeza disso.Quanto á obra feita nesse local, parece-me um pouco dor de cotovelo, dá a parecer nas fotos que quem criou este blog ficou sem vista, tenham a calma á frente desses ainda vão nascer outros a seguir á ponte.

Robin disse...

Um comentário interessante para quem perdeu quase meia hora pelo blog.
Temos consciência dos valores envolvidos, valores esses que proporcionam 'encontro de ideias' quando a 'carne é fraca'. Não será por acaso, que um trabalhador da obra fala num engenheiro da Câmara Municipal de Setúbal que é sócio da construção, a que eu chamo 'Muro da Vergonha'.
Também já aqui falamos do Hotel a ser construído pela Mota Engil, em frente ao 'Muro da Vergonha' do outro lado do Viaduto, para além do Palácio de Congressos a construir entre a Pedra Furada e a Depósito de Água da Bela Vista. Por este lado não há qualquer novidade no seu comentário.
Não há dor de cotovelo coisa nenhuma, porque o criador deste e de muitos outros blogs já não mora nem perto, dessa zona de má vizinhança.
Existem de momento duas guerras: uma nos Tribunais que irá ter um desfecho imprevisível dentro de muitos e longos meses e outra mais ao jeito de guerrilha a decorrer na blogosfera, que lhe asseguro desde já, que não vai ser perdida, demore o tempo que for preciso.